Frases de Charles Bukowski

“Não sei quanto às outras pessoas, mas quando me abaixo para colocar os sapatos de manhã, penso, Deus Todo-Poderoso, o que mais agora?”

“É este o problema com a bebida… Se acontece algo de mau, bebe-se para esquecer; se acontece algo de bom, bebe-se para celebrar, e se nada acontece, bebe-se para que aconteça qualquer coisa.”

“Que tempos difíceis eram aqueles: ter a vontade e a necessidade de viver, mas não a habilidade.”

“Às vezes as coisas são o que apenas parecem ser, sem nada demais.”

“A luz do sol escorria sobre o tapete, sobre as pernas das pessoas. A luz do sol me agradava. As pernas das pessoas eram desiteressantes, diferentemente da toalha que pendia da mesa, diferentemente da perna da mesa, da luz do sol.”

“Nasci para arrastar rosas pelas avenidas da morte.”

“Um bom poeta pode fazer uma alma despedaçada voar.”

“Já fui alfinetado, lancetado, é, inclusive bombardeado… Com tanta frequência que simplesmente não aguento mais; não conseguiria enfrentar outro fogo cerrado.”

“As pessoas apaixonadas tornam-se muitas vezes susceptíveis, perigosas. Perdem o sentido da realidade. Perdem o sentido de humor. Tornam-se nervosas, psicóticas, chatas. Tornam-se, mesmo, assassinas.”

“O tal sacerdote tinha as orelhas mais delicadas de homem que já havia visto. Era isso que tornava ele santo! Precisava conseguir aquelas orelhas pra mim! Pra usar na carteira, dar pro gato lá em casa ou guardar de lembrança. Ou botar embaixo do travesseiro.”

“O amor é uma espécie de preconceito. A gente ama o que precisa, ama o que faz sentir bem, ama o que é conveniente. Como pode dizer que ama uma pessoa quando há dez mil outras no mundo que você amaria mais se conhecesse? Mas a gente nunca conhece.”

“Me sinto bem em não participar de nada. Me alegra não estar apaixonado e não estar de bem com o mundo. Gosto de me sentir estranho a tudo.”

“Essas palavras que escrevo me protegem da completa loucura.”

“Cachorro velho não aprende truque novo.”

“O bêbado veterano sempre dá um jeito, é só ter tempo suficiente.”

“Devia ao estado 606 dólares de imposto de renda. Tinha de abrir mão de um belo rabo de vez em quando.”

“Nenhuma dor significa o fim da sensibilidade; cada uma de nossas alegrias é uma barganha com o diabo.”

“Torneiras pingando, arroubos de paixão, pneus furados – todos são mais tristes que a morte.”

“Sabia que tinha alguma coisa fora do lugar em mim. Eu era a soma de todos os erros: bebia, era preguiçoso, não tinha um deus, ideias e nem me preocupava com política. Eu estava ancorado no nada, uma espécie de não-ser. E aceitava isso. Eu estava longe de ser uma pessoa interessante. Não queria ser uma pessoa interessante, dava muito trabalho.”

“A raça humana exagera em tudo: seus heróis, seus inimigos, sua importância.”

“Cheguei numa fase da minha vida que vejo que a única coisa que fiz até agora foi fugir, fugir de mim mesmo, do meu nada, e agora não tenho mais para onde ir, nem sei o que vou fazer, fui péssimo em tudo.”

“Não valia a pena confiar em nenhum outro ser humano. O que quer que fosse preciso para estabelecer essa confiança, não estava presente na humanidade.”

“Mas as encrencas e a dor é o que mantém a gente vivo.”

“Se você vai tentar, vá até o fim. Caso contrário, nem comece.”

“Nunca me senti só. Gosto de estar comigo mesmo. Sou a melhor forma de entretenimento que posso encontrar.”

“Não, eu não odeio as pessoas. Só prefiro quando elas não estão por perto.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.