Uma História de Amor

Nós somos tão diferentes
e ambiguamente iguais
queremos as mesmas coisas,
nos queremos sempre mais.

E a gente conhece a força do tempo.
Um dia, não teremos esse fogo
que nos apimenta,
eu pintarei os cabelos
pra tentar esconder
o que os olhos
não mentem…
Você caminhará mais lento
mas vestirá camisa modelo pólo
pra se sentir mais jovem…

Mas estaremos juntinhos
um do lado do outro
ou seria: ancorado ao outro?
Mas escrevendo juntos
esse amor tão simples,
tão nosso…
Cada dia mais novo.

Sirlei L. Passolongo

Add Comment