Frases de José Saramago



“A vida é assim, está cheia de palavras que não valem a pena, ou que valeram e já não valem, cada uma que ainda formos dizendo tirará o lugar a outra mais merecedora, que o seria não tanto por si mesma, mas pelas conseqüências de tê-la dito.”

“É bem certo que o difícil não é viver com as pessoas, o difícil é compreendê-las.”

“Se tens um coração de ferro, bom proveito. O meu, fizeram-no de carne, e sangra todo dia.”

“No interior da grande cidade de todos está a cidade pequena em que realmente vivemos.”

“Não tenhamos pressa, mas não percamos tempo.”

“Como diz a filosofia do elefante, se não pode ser, não pode ser.”

“O verdadeiro lugar de nascimento é aquele em que lançamos, pela primeira vez, um olhar inteligente sobre nós mesmos”.

“O mar está longe e parece perto, brilha, é uma espada caída do sol, que o sol há-de embainhar devagarinho, quando descer no horizonte e enfim se sumir.”

“O certo e o errado são apenas modos diferentes de entender a nossa relação com os outros, não a que temos com nós próprios.”

“O caminho do engano nasce estreito, mas sempre encontrará quem esteja disposto a alargá-lo, digamos que o engano, repetindo a voz popular, é como o comer e o coçar, a questão é começar.”

“O destino, quando lhe dá para aí, é capaz de escrever por linhas tortas e torcidas tão bem como deus, ou melhor ainda.”

“Porque só o silêncio é certo.”

“Em profunda escuridão se procuraram, nus, sôfrego entrou nela, ela o recebeu ansiosa, depois a sofreguidão dela, a ânsia dele, enfim os corpos encontrados, os movimentos, a voz que vem do ser profundo, aquele que não tem voz, o grito nascido, prolongado, interrompido, o soluço seco, a lágrima inesperada, e a máquina a tremer, a vibrar, porventura não está já na terra, rasgou a cortina de silvas e enleios, pairou no alto da noite, entre as nuvens, pesa o corpo dele sobre o dela, e ambos pesam sobre a terra, afinal estão aqui, foram e voltaram.”

“Se não sais de ti, não chegas a saber quem és.”

“Talvez os homens nasçam com a verdade dentro de si e só não a digam porque não acreditam que ela seja verdade.”

“Nada é para sempre, dizemos, mas há momentos que parecem ficar suspensos, pairando sobre o fluir inexorável do tempo.”

“As palavras proferidas pelo coração não tem língua que as articule, retém-nas um nó na garganta e só nos olhos é que se podem ler”

“Os cristãos se refugiaram em Jesus para prosseguirem com sua fé, eu me refugio nos princípios e ideais da igualdade e da solidariedade.”

“Um homem não vai menos perdido por caminhar em linha recta”

“No interior da grande cidade de todos está a cidade pequena em que realmente vivemos.”

“José Anaiço está ao lado de Joana Carda mas não lhe toca, compreende que não deve tocar-lhe, ela compreende-o também, há momentos em que mesmo o amor deve conformar-se com a sua insignificância, perdoai que assim reduzamos o extremo dos afetos a quase nada, ele que em outras ocasiões é quase tudo.”

“A história dos homens é a história dos seus desentendimentos com deus, nem ele nos entende a nós, nem nós o entendemos a ele.”

“Não há em Portugal trigo que baste ao perpétuo apetite que os portugueses têm de pão.”

“O pão de agora não mata a fome de ontem, muito menos a de amanhã.”

“Tudo no mundo está dando respostas, o que demora é o tempo das perguntas.”

“Então Jesus compreendeu que viera trazido ao engano como se leva o cordeiro ao sacrifício, que a sua vida fora traçada para morrer assim desde o princípio dos princípios, e, subindo-lhe à lembrança o rio de sangue e de sofrimento que do seu lado irá nascer e alagar toda a terra, clamou para o céu aberto onde Deus sorria, Homens, perdoai-lhe, porque ele não sabe o que fez.”

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *